segunda-feira, 30 de março de 2009

RECEITA PARA LAVAR PALAVRA SUJA



Mergulhar a palavra suja em água sanitária.
depois de dois dias de molho, quarar ao sol do meio dia.
Algumas palavras quando alvejadas ao sol
adquirem consistência de certeza. Por exemplo a palavra vida.

Existem outras, e a palavra amor é uma delas,
que são muito encardidas pelo uso, o que recomenda esfregar e bater insistentemente na pedra, depois enxaguar em água corrente.

São poucas as que resistem a esses cuidados, mas existem aquelas.
Dizem que limão e sal tira sujeira difícil, mas nada.
Toda tentativa de lavar a piedade foi sempre em vão.

Agora nunca vi palavra tão suja como perda.
Perda e morte na medida em que são alvejadas
soltam um líquido corrosivo, que atende pelo nome de amargura,que é capaz de esvaziar o vigor da língua.

O aconselhado nesse caso é mantê-las sempre de molho
em um amaciante de boa qualidade. Agora, se o que você quer é somente aliviar as palavras do uso diário, pode usar simplesmente sabão em pó e máquina de lavar.

O perigo neste caso é misturar palavras que mancham
no contato umas com as outras.
Culpa, por exemplo, a culpa mancha tudo que encontra e deve ser sempre alvejada sozinha.

Outra mistura pouco aconselhada é amizade e desejo, já que desejo, sendo uma palavra intensa, quase agressiva, pode, o que não é inevitável, esgarçar a força delicada da palavra amizade.

Já a palavra força cai bem em qualquer mistura.
Outro cuidado importante é não lavar demais as palavras
sob o risco de perderem o sentido.

A sujeirinha cotidiana, quando não é excessiva,
produz uma oleosidade que dá vigor aos sons.

Muito importante na arte de lavar palavras
é saber reconhecer uma palavra limpa.

Conviva com a palavra durante alguns dias.
Deixe que se misture em seus gestos, que passeie
pela expressão dos seus sentidos. À noite, permita que se deite, não a seu lado mas sobre seu corpo.

Enquanto você dorme, a palavra, plantada em sua carne,
prolifera em toda sua possibilidade.

Se puder suportar essa convivência até não mais
perceber a presença dela, então você tem uma palavra limpa.

Uma palavra LIMPA é uma palavra possível.

(Viviane Mose)


segunda-feira, 9 de março de 2009

Trilogia Chamanda Anjo


Hoje eu acordei mais cedo
e fiquei te olhando dormir
imaginei algum suposto medo
para que, tão logo, pudesse te cobrir
tenho cuidado de você todo esse tempo
você está sobre o meu abraço e a minha proteção
tenho visto você errar e crescer
amar e voar
você sabe onde pousar
ao acordar já terei partido
ficarei de longe, escondido
mas sempre perto, de certo
como se eu fosse humano
vivo
vivendo pra te cuidar, te proteger
sem você me ver
sem saber quem eu sou
se sou anjo
ou se sou seu amor!



Acredita
em anjo

Pois é, sou o seu
Soube que anda triste
Que sente falta de alguém
Que não quer amar ninguém
Por isso estou aqui
Vim cuidar de você
Te proteger, te fazer sorrir

Te entender, te ouvir
E quando tiver cansada
Cantar pra você dormir
Te colocar sobre as minhas asas
Te apresentar as estrelas do meu céu
Passar em Saturno e roubar o seu mais lindo anel
Vou secar qualquer lágrima
Que ousar cair
Vou desviar todo mal do seu pensamento
Vou estar contigo a todo momento
Sem que você me veja
Vou fazer tudo que você deseja
Mas, de repente você me beija
O coração dispara
E a consciência sente dor
E eu descubro que além de anjo
Eu posso ser seu amor.





Afinal,Quem Eu Sou?

Sou Anjo Ou Seu Amor?

Tenho Asas?

Anjos Protegem,

Cuidam,

Aparecem Invisíveis,

Humanos Também Quando Amam,
Quero Dizer Que Já Não Importa,
Saber De Onde Vem,
Se Tudo Que Sou é Amor,
Mas Se Ainda Assim Quiser Voar,
Te Apresento As Estrelas,
Te Mostro Outros Alados,
Deus,
A Vida Celeste,
Até Voltarmos Para Casa,
Mais Uma Vez, Humanos,
Nos Amarmos, Até Morrermos,
Para Dizer Que É Seu O Anel,
Sou Seu Amor Na Terra,
E Seu Anjo No Céu...


(Saulo Fernandes)